Carta ao mentiroso Pedro

Senhor Primeiro Ministro,

ontem quando o ouvi fiquei um pouco perdida nos seus chavões e frases feitas. Falou para os portugueses mas referiu-se sempre a um país das maravilhas que não é Portugal. Confesso que uma das minhas partes preferidas foi quando referiu que o seu governo tomou uma decisão [“Depois de uma profunda ponderação de todos os prós e contras, concluímos que esta é a escolha certa na altura certa”] quando é do conhecimento geral de que foi uma decisão da Europa. Sabemos até que a decisão de uma saída do programa de assistência económica e financeira sem recurso a linha cautelar foi tomada pela Alemanha.

Que o senhor deve muito à sinceridade já sabemos mas um discurso tão deslocado da realidade parece-me exagerado… até para si. O rasto de destruição que deixou não cola com o seu discurso.

Já que me está a ler quer-me explicar o  conteúdo da Carta de Compromisso Extensiva? Não me dá muito jeito ter que esperar para depois das eleições europeias para conhecer as negociações com o FMI.

A Maria que está desempregada, que viu o filho e o marido serem obrigados a emigrar e que tem a mãe a morar lá em casa porque os cortes às gorduras passaram pelos pensionistas pede-me que lhe dê um recado: as pessoas estão piores e limpa só está a conta bancária dela.

Vá e mande saudades, que cá não deixa nenhumas.

Despeço-me sem estima nem consideração

Isabel

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: